Marca-passo e nódulo AV ou feixe de His

 

Se o medicamento ou a combinação de medicamentos prescritos pelo médico não controlarem a sua frequência cardíaca ou causarem efeitos secundários, pode ser sugerida a realização de uma ablação do nódulo AV e a implantação de um marca-passo.

A ablação do nódulo AV é uma intervenção realizada com um cateter que bloqueia a transmissão de impulsos elétricos rápidos das aurículas (câmaras cardíacas superiores) para os ventrículos (câmaras cardíacas inferiores). O tecido do nódulo AV, que liga eletricamente as aurículas e os ventrículos, é destruído com energia de radiofrequência originando um bloqueio AV completo.

Para manter o ritmo cardíaco, é implantado um marca-passo antes da ablação. O pulso é controlado artificialmente pelo marca-passo, apesar da fibrilhação auricular permanente e contínua. O procedimento é simples e não demora muito tempo, mas, como o médico vai explicar-lhe antes do procedimento, deve estar ciente de que se trata de uma doença irreversível. A frequência cardíaca será controlada pelo marca-passo para o resto da sua vida (dependente de marca-passo). Esta é considerada a última opção para controlar a frequência cardíaca se todos os procedimentos anteriores não tiverem sido bem sucedidos. Por esta razão, é mais provável que este procedimento seja recomendado para pacientes mais idosos.

Como é realizado

A ablação por cateter é um procedimento percutâneo realizado com anestesia local. O médico insere tubos compridos, finos e elásticos (cateteres) nas veias da virilha e avança-os para o coração. A ponta do cateter fornece energia de radiofrequência (calor) à pequena área do tecido cardíaco que deve ser destruída. O tecido cicatricial impede a condução dos impulsos.

A implantação do marca-passo deve ser realizada antes da ablação do nódulo AV para manter as câmaras inferiores (ventrículos) a bater de forma adequada. Em alguns centros, os médicos preferem implantar o marca-passo várias semanas antes da ablação para garantir o funcionamento satisfatório e estável do dispositivo. Após a ablação, o ritmo cardíaco depende completamente do marca-passo e não precisará de tomar medicamentos para controlar a frequência cardíaca.
A ablação do nódulo AV tem uma elevada taxa de sucesso.

Saiba mais sobre: “Complicações”

Saiba mais sobre: “Como devo mudar a minha vida?”


Páginas relacionadas